JUCURUTU / RN

História

Paróquia de São Sebastião de Jucurutu/RN

História de Jucurutu

A povoação conhecida como Saco dos Jucurutus surgiu a partir de aldeamentos dos índios da tribo Jucurutu, descendentes dos Janduís, e da construção de uma capela.

A história da capela está relacionada com sentimentos de gratidão é fé. Antônio Batista dos Santos prometeu a São Sebastião que construiria uma capela em homenagem se conseguisse voltar com vitória e em paz das lutas contra Pinto Madeira. Antônio Batista obteve o desejado, voltou vendedor e ergueu a Capela de São Sebastião.

Devido à existência de uma propriedade rural de grande importância na região,a tradicional Fazenda São Miguel, a povoação passou a ser conhecida com São Miguel de Jucurutu. O povoado continuou o seu ritmo gradativo de desenvolvimento, comprovado por relatório de Alberto Maranhão, escrito ao governador Pedro Velho, em junho de 1894, informando que o povoado de São Miguel do Jucurutu, lovalizado à margem do Rio Piranhas, tinha uma igreja, um cemitério, cerca de 30 residências particulares e escolas públicas para moradores do sexo masculino. Em 1928, a localidade alçou à condição de vila do município de Caicó.

Em 11 de outubro de 1935, pela Lei n° 932, sancionada na gestão do Interventor Federal Mário Leopoldo Pereira da Câmara., São Miguel de Jucurutu teve suas terras desmembradas de Caicó, Santana do Matos e Campo Grande, tornando-se mais um município do Rio Grande do Norte. três anos depois, 31 de outubro de 1938, o Decreto n° 603 mudou o nome do município para Jucurutu.



Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org
Jucurutu / RN - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Imagem

Relevo / Geologia

Imagem

Geografia